Regras da Falésia Paraíso

LEIA AS REGRAS COM ATENÇÃO

Lembre-se que você está entrando em uma Propriedade Particular.

1 - Para visitar a propriedade, deve-se pagar R$ 5,00 por pessoa por dia. Se ninguém estiver na segunda casa do sítio (casa do Marcão) colocar o dinheiro na caixinha (cofrinho) que está na varanda ao lado esquerdo da casa. Não deixe de pagar, pois corremos o risco de não poder mais escalar nesta falésia.

2 - É proibido entrar e escalar a noite na falésia.

3 - Na estrada de terra dirija com muita atenção, não exceda 30 km/h, seja cortês e sempre dê preferência aos usuários locais.

4 - Imprima e leve o Guia de Escaladas da Falésia, pois ele contém informações importantes, como chegar, setores e croquis das vias.

5 - Trazer de volta todo o lixo.

6 - É possível acampar mediante pagamento de R$10,00 por pessoa por dia. Reservar antecipadamente por telefone (contatos abaixo).

7 - Proibido fumar e fazer fogueiras.

8 - Evitar deixar veículos na entrada do sítio. Para acessar o estacionamento deve-se abrir a tronqueira e deixar o veículo fora da estradinha no local indicado como estacionamento.

9 - Não fazer algazarra (gritar, xingar ou atirar objetos) e nem assustar os animais do sítio.

10 - Deixar as porteiras e/ou tronqueiras como estavam ao chegar.

11 - Tente evitar, mas caso desejem fazer necessidades fisiológicas, enterrar os dejetos e o papel higiênico.

12 - Não mexer nos materiais que estão na falésia, pois estes pertencem aos conquistadores.

13 - Pague logo ao chegar e quando for embora, certifique-se de ter pago a taxa de visita e camping de todos integrantes do seu grupo.

14 - Não deixe os cachorros do sítio irem para a estrada.

15 - Conquistas somente com autorização do proprietário e conquistadores locais.

16 - Não levar animais (cachorros, gatos, etc.).

Para Informações, dúvidas ou sugestões mande uma mensagem através do blog:

Solicite o telefone do proprietário nos enviando uma mensagem.

domingo, 20 de março de 2011

Falésia Paraíso Fechada

Continuando o relato do post anterior, tenho a comunicar a todos que o pior aconteceu. A Falésia Paraíso está fechada. Investimos um ano de trabalho duro, por baixo 1000 Ps (R$ 4.500,00) e R$ 1.600,00 em combustível, a compra de uma furadeira (R$ 2.000,00), material para conquistas, fora os outros gastos, trabalho e empenho de colaboradores, tudo jogado no ralo. Bastou uma pessoa não cumprir uma regra básica de trânsito, exceder a velocidade considerada segura em uma estrada como aquela da entrada (30 km/h) e colidir com outro carro e pronto. E olhe que não foi por falta de aviso e de reclamação! Falamos muitas vezes disso aqui no blog e de boca em boca. Lamentável.
Hoje logo cedo recebi uma ligação, era a Eliana, mulher do Marcão, dono do terreno da entrada, relatando o clima entre os moradores do entorno da Falésia Paraíso, chamei o Claudio e fomos para lá. A primeira pessoa com a qual conversamos foi o Marcão, que disse que o seu Renato decidiu fechar a falésia. Fomos à casa do Seu Renato, que nos atendeu como sempre muito educadamente, e disse-nos: "Vocês garantiram que o pessoal iria respeitar as regras e não correriam na estrada, e ao invés disso foram bater justamente no carro de quem mais se incomodava com a velocidade dos carros dos escaladores na rua de terra. Agora não quero mais escaladores nas minhas terras. Sinto muito."
A atitude de uma única pessoa pessoa teve o poder de destruir em apenas alguns segundos tudo que foi feito em mais de um ano de trabalho de várias! Destruir o que os outros constroem é fácil, difícil é construir! Quando forem em algum lugar pensem nas consequências que suas atitudes podem trazer à sociedade.


Responsáveis por este post: Cláudio Medeiros e Inácio Bianchi.


17 comentários:

  1. É uma pena uma pessoa estragar com tudo tão rápido. :(

    ResponderExcluir
  2. Os meus mais sinceros pêsames aos brothers Inácio e Claudião, é lamentável ver essa notícia.
    espero que alguma luz possa reverter essa decisão do Sr Renato, pena não ser possível fazer o mesmo com a atitude do apressadinho.

    Felipe Barbosa

    ResponderExcluir
  3. Nossa, este é o tipo de coisa injusta que eu não consigo entender.

    Não conheço o caso, mas imagino que dadas as circusntancias, trata-se de um tanto de falta de sensibilidade do proprietário.

    Fica a lição.

    ResponderExcluir
  4. Claudio e Inácio,
    Não tenho palavras pra expressar a tristeza de ouvir essa notícia. É simplesmente LAMENTÁVEL!
    Se houver algo que possa ser feito, por favor, avisem!

    Leila

    ResponderExcluir
  5. Nossa, gente, estou de cara com este post, não acrediiiitoooo!!!!!!!!!!!!! Esta notícia é muito triste e foi em conseqüência de algo fácil e pertinente de se cumprir.
    Agora é dar tempo ao tempo e torcer que isso seja reversível...
    Abraços, amigos,
    Juliana Lundholm

    ResponderExcluir
  6. Realmente lamentável!!! E acho que nomes devem ser dados, enquanto os marginais que causam problemas não forem expostos publicamente isso só tende a continuar a acontecer. Quem são as pessoas responsáveis? Quando sofrerem com o que estão causando talvez mudem de atitude. Enquanto ficarem "escondendo" quem faz essas m&rd@s eles continuaram como são.

    ResponderExcluir
  7. Inácio e Cláudio, vocês estão de parabéns pelo trabalho que fizeram na abertura de vias, com os cuidados tomados, os alertas, a atenção com os moradores, etc. Agradeço a vocês e ao Sr. Renato pelos períodos que pudemos escalar.
    Realmente vocês vinham pedindo e alertando inúmeras vezes, tanto pessoalmente, qto pelo blog, para os cuidados com velocidade e comportamento na região de escalada.
    Conversamos recentemente sobre isto na casa do Zé Renato, refindo-se ao fechamento de outro pico , o Guaraiuva.
    E deu no que deu.....

    JJ

    ResponderExcluir
  8. Na verdade oq tinha q ter rolado, quando começou a reclamação da velocidade dos carros dessa galera q acha q esta numa rodovia. Era ter de cara proibido a entrade de carros no terrono, é quem quize-se q fosse andando até as bases da escalada. Bom, nõa sei da distancia, mas com isso ninguem ia ter problema com esse lance de velocidade dos carros ou risco de batidas. Com isso só mesmo quem tive-se na disposição ia caminhar até lá.
    Att
    Carlos Luiz Paiva

    ResponderExcluir
  9. Esclarecendo.
    O acidente ocorreu na estrada de terra comum a todos que vão e vêm do bairro rural onde se encontra a falésia, fora do terreno. Portanto, impedir a entrada não resolveria e nem evitaria o acontecido. O problema foi a falta de cuidado que levou a exceder a velocidade segura para o local. Infelizmente.

    ResponderExcluir
  10. primeiramente... lamentavel a noticia ... não tenho o que dizer ... e sempre encontrava o claudio.. paulo e o inacio na falesia e sempre falavam de boca a boca tbm...

    só digo uma coisa...
    por um acaso,
    acaso só.. qual o nome desse individuo???

    simples...

    ResponderExcluir
  11. Pois é Inácio, o acidente ocorreu NA ESTRADA, comigo também, um amiguinho de um dos vizinhos da Faléia,estava alcoolizado e bateu em meu carro, fiquei com seqüelas, e ninguém nem aí, mas como ocorreu com um dos esportistas, estão fazendo ESCÂNDALOS,a ponto de ter que fechar...pelo que eu saiba foi só ALTA VELOCIDADE, o pessoal que vai escalar, não são bêbados ou drogados; creio que estão aproveitando o acidente para retalhar o Marcão, picuinhas de vizinhos, ou alguém está querendo obter algo, como dinheiro...só sei que que é revoltante o fechamento, se fosse algo que rendesse dinheiro, bagunça, talvez continuasse normal...O ACIDENTE NA ESTRADA, NÃO JUSTIFICA O FECHAMENTO DA FALÉSIA PARAÍSO.
    Não participo, mas estou revoltada...

    ResponderExcluir
  12. Lamentável. Estou em Taubaté cerca de 2 meses e devido as chuvas não cnsegui conhecer a Falésia Paraíso a tempo. Quando li sobre o ocorrido demorou um pouco para cair a ficha...só resta os meus sentimentos aos conquistadores e aguardar uma nova oportunidade para conhecer esse e escalar nesse pico, e torcer para que isso ocorra logo e que todos os escaladores e frequentadores reflitam no ocorrido.

    ResponderExcluir
  13. Puxa rapaziada! Que lamentável o que aconteceu... Só queria dizer alguma coisa que minimizasse o sentimento de decepção e frustração de vocês... Talvez um "Muito Obrigada" por ter proporcionado momentos únicos na Falésia do Paraíso.

    ResponderExcluir
  14. Fui só uma vez na Falésia Paraíso, em 25.07.2010, quando publiquei um post no e-Trilhas, eram "só" 30 vias. Morando perto fiquei adiando uma volta, azar o meu. Agora fico "com saudades das coisas que nunca tive". Amigos Inácio, Cláudio, Fabiano, ..., sinto muito por vocês, sinto por mim e por todos outros escaladores que perderam este verdadeiro Paraíso. Se eu puder ajudar em algo, por favor, contem comigo. Abraços

    ResponderExcluir
  15. É inacreditável como o ser humando consegue ser lamentável em algumas atitudes....Era só cumprir as regras!
    Eu e meu marido (Roberto- SJCampos) adorávamos a Falésia Paraíso...Fomos muito lá no ano passado...Nem sei o que dizer...Entrei para ver as atualizações do blog e me deparei com essa notícia, que é uma decepção para todos nós, escaladores, que cumpríamos todas as regras para que o lugar não fosse fechado.
    É uma pena que nem todo mundo tenha tido consideração pelo trabalho (muito bem feito) que vocês fizeram ali.
    Acho que só nos resta lamentar e agradecer muito a vocês pelos ótimos momentos que puderam nos proporcionar com as escaladas na falésia Paraíso!

    ResponderExcluir
  16. Ola Cláudio Medeiros e Inácio Bianchi.
    Meu nome é Fernando Zara e fiquei muito surpreso ao saber que meu nome aparece no http://blogdescalada.blogspot.com/ como um dos responsáveis pelo ocorrido e posso garantir que não conheço e nunca estive nesse local.

    Estou buscando os contatos do responsável pelo tal post para maiores esclarecimento.

    Caso o responsável não apresente provas do que esta relatando vou entrar com um processo de danos morais.

    Desde ja agradeço
    Fernando Zara
    12 97634792

    ResponderExcluir
  17. Caro Fernando Zara, como vc já deve saber, o dono do Blog citado por você postou a explicação retratando-se do engano que cometeu ao colocar seu nome de forma errada. Tudo não passou de um engano. Por isso no nosso Blog, mesmo que muitos peçam, nós não citamos nome de ninguém quando se trata de um ato negativo, uma vez que isso pode gerar injustiças como foi no seu caso.
    Tanto eu como Claudio tentamos ligar para vc, o fone tocou tocou e não fomos atendidos.
    Estamos a disposição.
    Um abraço

    ResponderExcluir