Regras da Falésia Paraíso

A FALÉSIA PARAÍSO ENCONTRA-SE ABERTA EM CARÁTER EXPERIMENTAL, LEIA AS REGRAS COM ATENÇÃO

Lembre-se que você está entrando em uma Propriedade Particular.

1 - Para visitar a propriedade, deve-se pagar R$ 5,00 por pessoa por dia. Se ninguém estiver na segunda casa do sítio (casa do Marcão) colocar o dinheiro na caixinha (cofrinho) que está na varanda ao lado esquerdo da casa. Não deixe de pagar, pois corremos o risco de não poder mais escalar nesta falésia.

2 - É proibido entrar e escalar a noite na falésia.

3 - Na estrada de terra dirija com muita atenção, não exceda 30 km/h, seja cortês e sempre dê preferência aos usuários locais.

4 - Imprima e leve o Guia de Escaladas da Falésia, pois ele contém informações importantes, como chegar, setores e croquis das vias.

5 - Trazer de volta todo o lixo.

6 - É possível acampar mediante pagamento de R$10,00 por pessoa por dia. Reservar antecipadamente por telefone (contatos abaixo).

7 - Proibido fumar e fazer fogueiras.

8 - Evitar deixar veículos na entrada do sítio. Para acessar o estacionamento deve-se abrir a tronqueira e deixar o veículo fora da estradinha no local indicado como estacionamento.

9 - Não fazer algazarra (gritar, xingar ou atirar objetos) e nem assustar os animais do sítio.

10 - Deixar as porteiras e/ou tronqueiras como estavam ao chegar.

11 - Tente evitar, mas caso desejem fazer necessidades fisiológicas, enterrar os dejetos e o papel higiênico.

12 - Não mexer nos materiais que estão na falésia, pois estes pertencem aos conquistadores.

13 - Pague logo ao chegar e quando for embora, certifique-se de ter pago a taxa de visita e camping de todos integrantes do seu grupo.

14 - Não deixe os cachorros do sítio irem para a estrada.

15 - Conquistas somente com autorização do proprietário e conquistadores locais.

16 - Não levar animais (cachorros, gatos, etc.).

Para Informações, dúvidas ou sugestões mande uma mensagem através do blog:

Solicite o telefone do proprietário nos enviando uma mensagem.

terça-feira, 12 de outubro de 2010

Nem tudo é o que parece ser!


Neste feriado de 12 de outubro aproveitamos para dar uma escaladinha e também para terminar mais uma via começada no dia anterior, desfrutando o clima, pois fez um dia maravilhoso de muito sol e céu azul. Porém, para estragar o nosso dia de escalada, fomos surpreendidos por um dos donos das terras, que nos fez várias queixas a respeito de nossa presença, que tem incomodado de forma significativa os moradores da região.
Confesso que ficamos surpresos com algumas reclamações, mas acho justo colocá-las aqui com a intenção de evitar reclamações futuras e de possível fechamento do pico.
Muitos moradores estão reclamando que algumas pessoas passam de carro numa velocidade incompatível com a estrada, ou seja, muito rápido! Portanto vamos colaborar e reduzir a velocidade na estrada de terra para evitar acidentes e outros problemas.
Outras reclamações são inerentes ao nosso comportamento na falésia. Quando estamos escalando e empolgados não percebemos, mas muitas vezes soltamos aqueles "palavrões", principalmente se não conseguimos mandar um lance que estávamos tentando, infelizmente os "palavrões" são ouvidos por moradores locais, que, acostumados ao silêncio e pouco movimento na região, se sentem constrangidos. Algumas pessoas têm feito as suas necessidades fisiológicas em locais à vista de moradores, causando-lhes também constrangimento.
Outras reclamações nem valem a pena ser comentadas aqui no blog, mas todas dizem respeito à FALTA DE EDUCAÇÃO de membros de nossa comunidade!
Portando pedimos encarecidamente, a todas as pessoas que frequentam a falésia, para fazerem o máximo possível para que a sua presença seja minimamente notada!
Esperamos poder contar com a colaboração de todos para que a nossa comunidade (de escaladores) não perca mais um pico de escalada.
Esta é uma responsabilidade de todos!
Atenciosamente
Cláudio, Inácio e Paulo.